<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, janeiro 14

Os jornalistas já não têm Código de Ética?!  

Como já referi anteriormente, tenho ocupado algum tempo para ler alguns blog's já nossos conhecidos [assim como outros muito recentes] que visam o maravilhoso mundo da AAC. Embora não concordando com as ideias expressas por alguns, recorro à sua leitura [quanto mais não seja para me rir das suas parvoices] mantendo-me desta forma informado do que se vai passando, nesta altura em que me encontro apenas concentrado no estudo, e não tão atento a politiquices. Um desses blog's no meio de inumeros insultos [e a passar a barreira da estupidez], chamou-me a atenção para um artigo d'As Beiras, em que [acreditando nas informações do Blog] um director deste jornal, assina um artigo insultoso, em que fala sem qualquer citação de fontes, no comportamento de futuros elementos da DG, na Assembleia Magna de Voto. Concordo quando se fala que isto soa a artigo encomendado! Mas no meio disto tudo quem é que ganha com este tipo de ataque à próxima DG, e ao próximo Presidente da Mesa da Assembleia Magna? As minhas desconfianças vão, como devem imaginar, para futuros candidatos e juventudes partidárias [não nos esqueçamos que estas este ano estarão a barulho, iremos ter um Presidente de DG, claramente conotado com um Juventude]. De qualquer forma, o que me choca claramente é que este Jornalista, já não é a primeira vez que nos apronta uma coisa deste género. Segundo tenho conhecimento, ele já é conhecido por outras cenas deste nivel [baixo por sinal]! Surpreende-me o facto do jornal 'as beiras', não tomar qualquer tipo de atitudes, para chamar a atenção deste 'palhaço'.

domingo, janeiro 11

Eu queria publicar mais  

É verdade. Eu realmente queria conseguir manter o ritmo de escrita dos meus post's, mas na verdade é-me impossivel fazê-lo no que está a ser para mim, uma época de exames tão conturbada. Está muito da minha vida em jogo ... O tempo que tenho para vir à net tem sido usado para espiar os desenvolvimentos de alguns blog's que têm sido, na giria, apelidados de "blog's cor-de-rosa", pois a para além de um interesse de informação, têm como principal interesse a difamação, não deixando aos visados a possibilidade de defesa. Parece que já temos um maravilhoso mundo de vip's a suscitar interesses na associação. Daqui a uns anos a secção de jornalismo ainda vai ter que publicar um suplemento, em que fala de festas, e participação de famosos (colunáveis) nessas mesmas festas [Tal, ola gente, do Diário "as beiras", não que seja um exemplo]. Boa Época de Exames ...

sexta-feira, janeiro 2

Blogs! Bons e Maus!  

Quero acreditar que todas as pessoas que têm blogs, são pessoas que os usam no sentido de divulgar os seus sentimentos e opiniões, sem querer com estes, afectar de forma radicalmente negativa, a imagem dos "criticados"! Tenho com alguma atenção, acompanhado alguns blogs [geralmente anunciados na minha barra de links] que tentam como eu abordar questões relacionadas com a univer[c]idade de Coimbra, e a Associação Académica. Acredito seriamente que o sentido da existência da maioria dos blogs é a denuncia de situações do desconhecimento da maioria das pessoas, que só desta forma passarão para fora dos seus meios restritos. Critico alguns blogs que ofensivamente, de forma não compreensivel, deixam de fazer crítica, em todas as variantes, para dirigir de uma forma perseguitiva os seus ataques a pequenos grupos de pessoas. Começam a disparar. O tema deste blog, surgiu-me a seguir à recente leitura do "Sopa de Legumes", que segundo a minha opinião começou a descer de nivel na critica e a passar a barreira da razoabilidade. Não consigo pensar quem esteja por trás deste tipo de blog [embora me venham alguns nomes à cabeça], mas imagino alguém alimentado por uma qualquer derrota em eleições recentes, ou por uma certa sede de poder. Só sei que encontrou neste meio forma de estravazar o ódio que sente pelas pessoas que constituem a Direcção Geral, actual e futura, e de algumas instituições. Eu sei que muitas pessoas poderão ter a tua opinião, mas não andam para aí a difamar o trabalho de pessoas que perdem anos de estudo, em prol desta nossa Associação. E quando falo destas criticas, falo de todas as "células" da Associação Académica de Coimbra, e de todos os seus interlocutores. Não desças tão rápido de nivel ... eu até era apreciador do teu trabalho !!!

segunda-feira, dezembro 29

Aproveitamento? Até que ponto criticável?  

Depois de uma conversa de café, que tive hoje no decorrer da tarde, com uma pessoa que tem idade para ser pai de muitos de nós, e que teve uma atitude muito rigida com os seus próprios filhos durante o periodo em que estudaram, lembrei-me de abordar aqui um dos assuntos de 'choque' entre nós, nessa mesma conversa. Estamos a falar de: Aproveitamento Escolar. Eu próprio não sou um dos melhores exemplos quando se fala desta problemática do ensino superior [não é uma questão da qual me orgulho, bem pelo contrário], mas na nossa universidade são muitos os casos. Para abordar a questão utilizarei aqui um exemplo, que representa alguns dos casos de mau aproveitamento escolar mais caracteristicos nesta universidade [pelo menos os casos que eu mais conheço]. Estudante na Universidade de Coimbra, num curso de engenharia e que já conta no seu curriculo com algumas matriculas a mais do que as que deveria ter, muitas vezes, com mais do dobro. Geralmente o desânimo dá-se logo nos primeiros anos, vem-se com a ideia de as 'cadeiras' que são leccionadas têm conteudos direccionados para o curso que se decidiu frequentar, e o choque surge a quando das primeiras aulas, em que se repara que temos o mesmos conteudos, nas cadeiras de matemática, que os nossos colegas dessa mesma licenciatura, e que pensamos logo que se gostassemos deste tipo de matemática deveriamos ir frequentar essa mesma licenciatura. As coisas até poderão correr bem nos primeiro ano, mas muitas das vezes nesse ou nos próximos, o aluno começa a tropeçar sem que ninguém dê uma mão. Afasta-se dos seus colegas iniciais de curso, e começa a divagar por entre 'cadeiras', que muitas das vezes tem dificuldades 'extremas', em tentar encaixá-las no seu horário. Lá vai sobrevivendo fazendo algumas cadeiras, mas as desilusões de exames fracassados começa mais uma vez a fazê-lo desanimar. Passo seguinte de muitos destes estudantes, se as coisas estiverem realmente mal, é enveredar pelo mercado de trabalho, desistindo ou não definitivamente do curso. O motivo pelo qual muitos desistem é o molde em que as disciplinas são ministradas, pois é practicamente impossivel um trabalhador-estudante fazer disciplinas [em engenharias]. Para as fazer é preciso um minimo de presenças nas aulas, não pela assiduidade, mas pela questão de compreensão de contéudos e análise dos mesmos, pois é pratica da maior parte das 'cadeiras' a não existência de manuais/apontamentos, que criem a possibilidade de acompanhamento à distância. Outros estudantes, já por si ligados a 'células' da Associação Académica de Coimbra', acabam por se envolver cada vez mais nestas.Chegam a fazê-lo de tal forma, que acabam por inconscientemente negligenciar o estudo, passando muitas das vezes frequentar assiduamente as instalações de ensino apenas nas épocas de exame [em alguns dos cursos dá para safar o ano desta forma, mas normalmente isso não acontece, principalmente em engenharias]. Muitos destes estudantes envolvidos em questões da Associação, acabam por desempenhar muito mais trabalho, do que se a uma empresa estivessem ligados, e remunerados fossem, mas em termos de curriculo isso nada significa. Não pensem que é a miserável época de exames extraordinária que lhes é atribuida que os recompensa pelo tempo dispendido. . Não considero descabida a ideia de eventualmente vir a ser possivel converter o periodo ligado ao associativismo, em meses de experiência profissional, pois é essa mais valia que destingue este aluno do seu colega 'marraõ', que nunca teve nenhum confronto com o mercado de trabalho e com algumas questões que não vêm nos livros, e não consigo pensar que esse aluno seja considerado sem experiência profissional. Não digo que em alguns casos, o meu, não tenha existido a dado momento do percurso estudantil alguma falta de empenho, mas não será apenas isso. Não quero com este 'post' dizer que a instituição de ensino é a única culpada, mas depende dela o aumento de taxa de sucesso escolar dos seus alunos, e a diminuição da taxa de abandono. Como puderam ver, com algumas 'pequenas' alterações dos métodos de funcionamento das diferentes entidades envolvidas no processo de ensino, poderiamos caminhar para um maior sucesso desta instituição, pois se de alunos satisfeitos nos tratassemos, não andariamos ai nos jornais e na televisão a criticar esta tão nossa querida instituição "Universidade de Coimbra", e poderiamos pelo contrário ser os maiores divulgadores dos seus bons meios e métodos. Não deixem que se aplique à nossa universidade, a expressão "burro velho não aprende linguas" !! afinal ainda só temos 713 anos ...

quinta-feira, dezembro 25

Feliz Natal !!  

Quero antes de mais, desejar aos poucos que lêm este blog, um feliz e santo Natal. Todos nós este Natal temos nos sentido atacados por sms. Julgo que hajam poucas pessoas que possuam telemovel, e consigam escapar a este fenómeno. O meu espanto, vai para o facto de este hábito que "quase" todos nós já consideramos normal, ter atingido tão grandes propurções em apenas dois anos. Relembro que o que julgo que tudo começou na altura como uma mera substituição de telefonemas de última hora e de postais de Natal , pela dificuldade que muitas vezes temos em manter as moradas dos amigos actualizadas, passou nos dias de hoje a ser mais uma quase "obrigação" nesta quadra natalicia. As pessoas sentem a necessidade de mostrar que já que não podem estar a partilhar o mesmo espaço que nós, é como se o estivessem a fazer do outro lado de um qualquer meio de comunicação (telefone, telemóvel, computador, ...). Confesso que sou mais adepto de enviar mensagens, do que adepto de as receber, mas também jé o fazia, quando de postais de Natal se tratava. Não sou daquelas pessoas que está a controlar se esta ou aquela pessoas se disposeram a enviar uma mensagem, mas adminto que é simpatico, quase tanto como se dos nossos maiores amigos se tratasse, receber mensagens de Natal de pessoas com as quais já não confraternizamos á alguns anos, e mesmo assim elas têm a preocupação de dispor de algum tempo para nos enviar uma mensagem, mesmo que não personalizada. A pena que as mensagens me deixam, é de eventualmente no futuro não poder fazer o que fiz hoje, e ir olhar alguns dos postais de natal que guardei ao longo destes anos, dos meus amigos ... BOM NATAL

terça-feira, dezembro 23

Levanta-te e Ri ... ou Chora  

Estou a escrever este "post", depois de ter assistido a uma rábula de um 'bimbo' (ex concorrente do bar da TV) no programa da sic, Levanta-te e Ri. No decorrer da rábula, esse mesmo bimbo, mencionou que só compreendia o valor das propinas se álguém lho traduzisse em 'imperiais', pois as aproximadamente 900 imperiais que conseguiria comprar com esse dinheiro, seria o que gastaria numa semana de copos em Coimbra, e só assim poderia perceber a o que esse valor influenciaria no seu orçamento mensal. Custa-me bastante quando um qualquer jornalista, numa tentativa de chamar à atenção, faz este tipo de comparação, mas Custa-me muito mais quando isto é proferido por um 'jovem', pouco mais velho que a maioria de nós, numa tentativa de alegrar o público. Com que carácter, é que não podemos deixar de considerar a não existência da próxima queima das fitas, se todos os dias, somos bombardeados com a comparação 'estudantes de coimbra - bebedos'. De qualquer forma, sabemos que o facto da Associação Académica de Coimbra eventualmente decidir que não realizará a próxima queima das fitas, poderá não marcar como esperamos. Só pessoas muito ingénuas não saberão que de qualquer forma se realizará uma festa para estudantes, no decorrer do próximo mês de Maio, e que não terá menos pessoas que qualquer queima. Se não for a Associação Académica a realizá-la, o que não faltará serão pretendentes: IPC [instituto politécnico de coimbra]; FAC [Federação Académica de Coimbra]; ACIC [Assoc Comercial e Industrial de Coimbra]; Câmara Municipal; entre outras ... o que não faltará é produtoras musicais e empresários do meio a agarrar esta ideia.

domingo, dezembro 21

Olá meus carissimos "amigos"  

Tenho o prazer de ter criado este Blog, que não tenho grandes esperanças que seja muito conhecido, mas que de alguma forma sirva para eu vá estravazndo alguns sentimentos e opiniões. Refiro que não se trata de nenhuma fanzine, quero que com este blog possamos divulgar algumas questões que nem sempre chegam aos jornais e ou telejornais, mas que muitas vezes mereciam lá aparecer. A temática geral deste meu blog, será Coimbra. A Associação Académica terá algum protagonismo, mas não poderei deixar de comentar questões politicas e sociais que possam vir a surgir, nos restantes meios politicos da cidade. Atenciosamente